domingo, abril 18, 2010

... eu... arrependo...

Pressionada pela Vida
A ti me cedi…

Ai, como errei nesse dia!
Nesse e em todos os
Que a ele se seguiram…

Já errei muito nesta vida,
Mas só tu me fazes
Querer voltar atrás!

Ai, como gostaria de ter sido mais forte,
De não me ter deixado levar pela solidão,
Como gostaria de não me ter cedido!

Erro!
Tu és o meu grande Erro!

Errei quando cedi,
Quando deixei
Que me tivesses,
Me mudasses,
Me sufocasses,
Me anulasses…

E hoje,
Hoje ainda erro!
Permitindo que me
Dês medo de errar de novo…
Como fiz contigo...

Sem comentários: