domingo, abril 18, 2010

... eu... durmo...

Deitada na tua cama
Olho o céu cinza.
Está frio lá fora
E não me apetece sair.

O frio dá-me preguiça…
Dá-me preguiça de viver…

A chuva não tarda a cair
E embalada na sua canção
De novo caio
Num sono profundo…

Sem comentários: