domingo, abril 18, 2010

... eu... sorrio...

Ao ler as tuas palavras
Abre-se a gavetas das memórias
E lá encontro o teu sorriso…

É nele que me refugio,
É ele o porto de abrigo
Onde atraco os meus pensamentos
E busco motivação…

É ele que me dá alento,
Que me faz sorrir,
Que me faz querer!

Sem comentários: