domingo, abril 25, 2010

O que fazer...

... quando até um telefonema de um amigo nos faz chorar? Nos deprime ainda mais? Nos lembra do que não temos? Do que não somos? De que aquilo que tínhamos e éramos, era mau? De que perdemos tempo a tentar viver a vida dos outros? Do que temos agora mau é? De que ainda temos um longo, pesado e sofrido caminho a percorrer? Telefonaste-me para me falar de ti. Do que se passa contigo e acabámos por falar de mim. Era inevitável... Como sempre tentaste-me animar, dar força... Agradeço-te do fundo do coração. És dos poucos que restam... Dos bons... Diz-se que só faz falta quem está, mas os que não estão também me fazem falta, também tenho saudades deles. Sinto com pesar o seu afastamento e não consigo perceber o porquê... Amanhã começa mais uma semana. Mais uma. Já se passaram tantas e não há meio de ver o fim... ou o começo... Não quero mais uma. Já não tenho forças. Quero ficar debaixo dos lençóis do meu refúgio e só acordar quando tudo tiver passado. O que fazer quando já não se tem esperança? Quando já não se tem vontade? Quando tudo nos parece não fazer sentido? Quando já não há razão para continuar? O que fazer???

2 comentários:

Xana disse...

Ana... não queria comentar, porque acho que és tão novinha, tão bonita, tens tudo para ser feliz! Vive a vida!!! Não te deixes cair!!! Gosto de ti! Bjs Alex!

Ana Vermelho disse...

olá alex... obrigada. és uma querida. podes e deves sempre escrever aqui aquilo que te apetecer e bem entenderes... estás à vontade e serás sempre bem recebida... bjs