quinta-feira, maio 27, 2010

... e fez-se luz...

... abri a porta, entrei e de imediato inspirei profundamente e enchi os pulmões de ar. Fiquei ali... parada, inebriada por aquele odor que me entrava pelo corpo e me preenchia, a tentar decifrar aquela estranha sensação nunca antes sentida... segurança...

Sem comentários: