quarta-feira, junho 16, 2010

... e agora que...

... se acabaram as desculpas?... primeiro era porque estava com ele, depois era porque estava sem ele. Depois era porque não tinha o meu canto, tu, o trabalho, agora... agora nada. Já não estou com ele, já me é indiferente. Já tenho o meu canto (or getting there), tu estás aí, o trabalho acalmou (espero)... agora já não tenho desculpa... hum... é-me mais fácil viver para os outros...

Sem comentários: