quinta-feira, setembro 09, 2010

... e ela riu..

... finalmente estavam juntos... após mais uma longa ausência... finalmente ele beijou-a... ele beijou-a e ela riu... não sabe porquê, mas riu. E quanto mais ele a beijava, mais ela ria. E quanto mais ele lhe perguntava porque ria ela, ela ria com mais força, com mais vontade, com mais corpo, com mais alma...de repente os olhos dela encontram os dele e parou de rir... finalmente percebeu porque tanto ria... ria, porque estava feliz. E estava feliz, porque ele estava ali... há muito que não se ria assim... com um riso tão satisfeito, tão preenchedor, tão libertador... tão apaixonado... o êxtase afastou-lhes os corpos suados, o sono entrelaçou-lhes os dedos... quando o sol acordou, ele de novo partiu... e ela de novo chorou...

Sem comentários: