terça-feira, setembro 28, 2010

... just wanna be gay!...

... hum... pois, nem por isso! Mas de momento parece-me muito mais fácil ter uma relação com uma mulher, mesmo correndo o risco de que esta sofra terrrívelmente de TPM, do que com um homem! Os homens, no geral (e não falo só por mim!), têm-se revelado demasiado complicados e sem o mínimo de frontalidade ou iniciativa. Não são capazes de tomar decisões e estão sempre, mas sempre à espera que sejam as mulheres a ditar as regras do jogo e com mil e um rodeios e frases do género: mas e tu, o que queres? ou,  faz o que te apetecer! (até no trabalho ouço esta!Irra!)... mas afinal o que pretendem? Que façamos o que realmente nos apetece para depois nos porem a culpa em cima se a coisa não correr bem, é? Será que ao fim de tantos anos ainda não sabem que somos exageradas por natureza, inseguras, ciumentas e possessivas? Será que ainda não aprenderam que aquilo que mais queremos num homem é segurança, confiança? Ora, um homem que não sabe o que quer, que dá mil e uma voltas, que envia mil e uma sms e outros tantos mail's para combinar um encontro, o qual acaba sempre por ser decidido por nós,  ou que não tem coragem para dizer o que sente, ou ainda pior, não tem coragem para acabar uma relação na qual vive sufocado há anos, nÃo é um homem seguro e confiante! A frase que mais tenho dito ultimamente é: mas afinal o que queres?... onde? Mas onde é que se enfiaram aqueles homens que nos agarravam e olhavam-nos nos olhos como se o resto do mundo não existisse e diziam: quero-te! (mesmo que não fosse verdade e nós sempre sabíamos!)...

Sem comentários: