sexta-feira, setembro 24, 2010

... sim...

... confesso, às vezes também penso nisso. Penso como seria. Como seria bom. Penso em como seria feliz... mas não penso assim, do nada. É algo que tem de ser induzido. Não faz naturalmente parte de mim, como em maioria das pessoas. Porquê? Não sei. Só sei que logo apago a hipótese... para quem começou do fim, jamais haverá um princípio...

Sem comentários: