quinta-feira, dezembro 30, 2010

... penúltimo dia do ano...

... altura de fazer um balanço do ano que está a acabar e formular desejos para o ano que entra... talvez sim, ou... nem por isso!... o fim de 2009 e corrente ano foram tempos de mudanças radicais, de descobertas, de choro, de riso. Foram tempos difíceis, de um turbilhão de emoções, muitas das quais ainda por digerir. Neste último ano Morri, Nasci, Sobrevivi... Vivi... não quero pensar, lembrar sobre o que se passou, sobre o Passado. Serviu apenas de aprendizagem. Ensinou-me que não me quero assim. Que não te quero assim. Que não vos quero assim. Aceito e vos enterro... é tempo e, isso sim, de saborear, desfrutar o Presente. De o Viver. De o absorver. De lhe dar continuidade. De o transformar em Futuro... o que espero de 2011?! O melhor será perguntar o que ele espera de mim...

@ net




... p.s.: tenho sim um desejo para 2011, um emprego bem remunerado e eu que adore. Não é demais, pois não?☻... o resto pode ficar exactamente assim. Está nada mais, nada menos que perfeito... BOM ANO!!!...

... em que penso?!...

... quando paro e te fixo e os meus olhos te sorriem e me perguntas: porque me miras assi? Penso que... Gosto de Ti... um dia digo-te...

segunda-feira, dezembro 27, 2010

... e o Natal?!...

... não podia ter sido melhor!... pela primeira vez gostei, adorei e até me emocionei. A ceia estava deliciosa, a companhia tranquila e os presentes perfeitos. Perfeitos ao ponto de me encherem os olhos de água (obrigada miúda! ☻).. há muito que não sentia tão querida... obrigada por me mimarem e obrigada a ti... és, sem dúvida, O Presente Perfeito...

quarta-feira, dezembro 22, 2010

... e...

... quando menos esperas entra na tua vida. Por ti adentro. Deixa-te sem chão. Perdes o controlo. A pose. A compostura. Deixas de ser tu. Sempre de arma em punho. Passas a ser... nem sabes como apelidar este teu novo ser. É estranho. Tens receio... e gostas e queres mais... muito mais...

terça-feira, dezembro 21, 2010

... demasiado...

... demasiado rápido, demasiado intenso, demasiado bom... demasiada atitude... demasiado assustada... não pares...

quinta-feira, dezembro 16, 2010

... não quero...

... não preciso que me compreendas. Quero, preciso apenas, só, que me aceites... que aceites a minha loucura, a minha insegurança, a minha dúvida... que me respondas, por mais idiotas que as perguntas possam parecer. Sabes que preciso, que tenho de, de saber. Como tudo funciona. Como tu funcionas. O porquê. O porquê de nós... do não nós... que venhas, que me agarres, que me digas que sou uma tonta e gostas de mim... mas que faças... é demais? Sou demais? Então vai!... vai, mas diz que vais. Dá um fim. Diz chega!... e não voltes...

...

quarta-feira, dezembro 08, 2010

quarta-feira, dezembro 01, 2010

... cá em casa já é Natal...

... finalmente!... este ano não sei o que me deu (porque pura e simplesmente sempre ODIEI o Natal) e ando desde Outubro com vontade de fazer a árvore de Natal e a sonhar com rabanadas cheias de calda e aquela imensidão de frutos secos: damascos, ameixas, figos com nozes, pinhões, caju... pois muito bem... tantantan, aqui está ela...


... acho que... I' m getting soft... hum, não sei. Talvez. Dizem que sim... e para acabar o dia em beleza, um Tangueray... oh que saudades de um belo gin tónico! Dizem que: if life gives u lemons, make a lemonade. Pois eu digo: if life gives me limes, i'll make a fab G&T...