quarta-feira, dezembro 22, 2010

... e...

... quando menos esperas entra na tua vida. Por ti adentro. Deixa-te sem chão. Perdes o controlo. A pose. A compostura. Deixas de ser tu. Sempre de arma em punho. Passas a ser... nem sabes como apelidar este teu novo ser. É estranho. Tens receio... e gostas e queres mais... muito mais...

1 comentário:

Anónimo disse...

Te amo para sempre mujer(quero ler mais sobre nós) ;)