sábado, janeiro 14, 2012

...

... (...) Ah, o ópio de ser outra pessoa qualquer! (...)...

Álvaro de Campos
in Insónia

Sem comentários: