segunda-feira, março 19, 2012

... há coisas que me partem o coração...

... e me fazem sentir a pessoa mais impotente do mundo!... foi assim que me senti hoje ao ver a minha cunhada deitada na cama do hospital (cirurgia). A pessoa mais alegre, bem disposta e sempre pronta para o que der e vier, hoje não estava assim. Estava indefesa. Triste. Baralhada. E só me apeteceu agarrá-la, pô-la no colo e sair a correr dali para fora... engoli o choro, sequei os olhos e fiz a cara mais palhaça de sempre! E dei-lhe mimo, muito mimo! Riu-se. E fiz-lhe festinhas até adormecer... as melhoras M e já sabes, quando vieres para casa muda-mo-nos para lá até ficares boa! ;P)...

Sem comentários: