sábado, maio 19, 2012

... parabéns Pirralho!!!...

... a tua festa de aniversário de cinco anitos foi o máximo e estamos loucos para te ver correr com isto nos pés...


... os teus primeiros All Star oferecidos pelos Tios-Mais-Que-Babados :)))...

... o que fazer com aqueles pareos que não se usam?!...

... almofadões!!! Tinha cá dois pareos, que trouxe de Cabo Verde e da Sardenha, mas que não usava por serem muito grandes e muito grossos. Há anos que estavam dentro da gaveta sem saber bem o que fazer deles, até que me lembrei de os mandar para a costureira e fazer umas almofadas gigantes para o chão. Tipo puf...
pareo de Cabo Verde com recheio de edredons e almofadas antigas
pareo da Sardenha com recheio de esferovite (já não havia mais almofadas)
disposição na sala

... próximos projectos...

... são estas duas cadeiras. Uma é para mesa-de-cabeceira e a outra para mesa de apoio. Sim, porque as cadeiras não foram feitas só para sentar o rabiosque...



... o faqueiro...

... esta caixa pode não parecer, mas era um antigo faqueiro. Como era tão bonita trouxe-a para guardar os meus colares. Nesta só fiz o decapê (Mia Amor, paciente tratou do resto. Tirar aquele veludo antigo não foi fácil!) e colei o interior, que entretanto vou ter de mudar, porque o papel autocolante era uma treta.




... de qualquer modo o papel era feio como tudo e foi uma opção provisória. Agora só me falta ter paciência para colar o veludo castanho...

... os gavetões...

... estes meninos deram um trabalhão tal que nem me quero lembrar!!! Encontrei um roupeiro enorme todo desmontado e como não podia aproveitar todo, trouxe apenas os gavetões que deram um jeitão para pôr nos roupeiros cá de casa. O problema é que estavam forrados por fora e por dentro das gavetas com papel autocolante. Gastei uma lata enorme de acetona e várias horas de espátula na mão...
a começar a tirar o raio do papel!!!
as gavetas por dentro
a pintura
gavetões mais pequenos
gavetões maiores
... utilizei as tintas que sobram de pintar a casa. Tudo nesta casa foi pintado de novo: paredes, madeiras, azulejos...

... a primeira cadeira...

... o mais se encontra por aí são cadeiras. Normalmente começam a abanar e as pessoas não estão para as desmontar e voltar a colar. De facto é um trabalho chato, para o qual Mi amor tem muito jeito e paciência! O resto: tirar o estofo, lixar, talhar e decapê fiz eu...
como a encontrei
pormenor do estofo de napa que trazia
na colagem
pormenor da talha das costas
pormenor da talha no tampo (por sorte, debaixo do estofo, estava um tampo de madeira)
antes da pintura
resultado final
... esta cadeira demorou alguns meses a ser finalizada porque Mi Amor achava melhor pintar a compressor e eu achava que bastava pintar à mão. Acabou por me fazer a vontade e a surpresa de a ter pintado à mão :))...

... e o que se faz com tanto tempo entre mão?!...

... o que se pode e o que não se pode para não desesperar e com os poucos recursos que há transforma-se uma casa, em que só se vinha para dormir, num lar e tornamos-nos na sua Fada. Inventamos e reeinventamos-nos. Morremos e renascemos vezes sem conta. Choramos mares e prometemos que seremos fortes e que amanhã será um dia melhor. Agarramos-nos ao pouco, ao nada que temos. Agarramos-nos à Vida, ao Amor e aos poucos que nos rodeiam. Sobretudo, tornamos-nos mais atentos, mais sensíveis, mas ávidos, mais criativos e com as nossas mãos devolvemos a vida ao que tinha sido dado como lixo. É verdade do lixo dos outros e algum meu, tenho/temos passado este ano. É incrível o que as pessoas deitam fora, porque não são capazes de ver mais além. E tudo começou com esta antiga cristaleira que encontrámos perto de um ecoponto. Nunca vi um móvel tão mal-tratado! Estava manchado de água, queimado, com cera de vela, riscado, sem portas, uma lástima!! Mas com paciência, dedicação e as dicas de quem sabe, recuperámos e demos vida ao lixo de alguém, em apenas dois dias...
o nosso primeiro móvel - a cristaleira azul
... estava tão ansiosa por pegar nele e ver o que conseguíamos fazer que esqueci-me de tirar uma foto antes do restauro. Já estava sem as portas de vidro que eram impossíveis de repor devido à calha estar muito frágil e as gaveta, que também não tinha, optámos por não pôr para não elevar o custo do restauro. Assim só gastámos dinheiro em tinta, no vidro da prateleira central e numa fechadura nova. Outro material técnico, como lixas, tapa-poros, puxador e dicas foi-nos cedido pela minha cunhada. Gracias M.! Originalmente o puxador era um daqueles enormes que atravessava a porta na diagonal. Como o puxador não existia e os seus buracos estavam em demasiado mau estado, em vez de os recuperar e para dar um ar mais levar, tapámos os buracos e fizemos um novo furo e colocámos um puxador mais pequeno e discreto. Não sei se conseguem reparar que é da cor da parede. Originalmente era castanho escuro. Madeira. Da cor da caixa que está por baixo, mas para lhe dar vida quisemos pintar de uma cor forte e como a sala é pequena insisti para que fosse dar cor da parede. assim funde-se com a parede e não se nota o grande que é. Visualmente ocupa zero espaço! Com a pica do móvel, transformei uma caixa de pinho, daquelas que nos oferecem com sabonetes e afins, que andava para aqui e dei um novo ar a uma moldura que comprei há uns quantos anos e era demasiado escura e pesada e da qual estava farta. Mais uma vez esqueci-me das fotos do antes...
lado 1
lado 2
lado 3
lado 4
vista de cima
a concentração no meio do pó!
... esta caixa despeja-bolsos foi a minha primeira experiência de talha. Não é fácil esculpir madeira, mas o resultado é muito gratificante. Depois de tudo isto, a moldura foi peanuts! Lixar e pintar...
... mostro mais restauros a seguir, que este post já vai grande...

... valeriana mode...

... parece que é assim que vou andar nos próximos tempos. Tenho-me deitado por volta da meia-noite e não aguento cinco minutos que adormeço, mas às quatro e meia já estou acordada pronta a levantar. Lá me esforço por dormir mais um pouco, mas depois é só rebolar até de manhã. E depois durante o dia pareço um zombie. Hoje, em conversa, lembraram-me da valeriana e assim será durante um tempo. Para já a primeira dose não resultou. Deitei-me às onze e meia, adormeci à meia-noite e meia, acordei à uma e meia, duas, três e meia, levantei-me às cinco. A razão?! É simples! No passado dia cinco de Maio fez um ano que estou oficialmente desempregada e não aguento mais! E fico frustrada e revoltada por saber que a maioria dos anúncios a circular são mais uma forma de as empresas fazerem publicidade. Ou seja, não estão a contratar. Estão apenas a dizer: nós estamos aqui, existimos e se "contratamos" é porque funcionamos. Ora que fossem para a PQP e deixassem de entupir os sites de emprego e agências faziam bem melhor!...

quinta-feira, maio 17, 2012

... há presentes que não têm preço...

... especialmente quando fazem parte do roupeiro de uma avó! E estas pulseiras da Carriça & Co. ficavam a matar com o vestido de capulana que me foi oferecido. Digam lá se não são lindas!!!
GudBling, coral reef

GudBling, fashion pop up
... a Melhor Amiga da Barbie está a oferecê-las. E por mim, também podia juntar este colar que é um espanto!!!...
lemonade

... o Verão foi embora...

... e deu lugar à Primavera e às suas temperaturas amenas. Eu cá não me queixo, desde que possa andar de t-shirt e só peço ao S. Pedro que poupe na chuva e no frio no próximo Sábado, ali para os lados de Sintra. O nosso piralho faz cinco anitos e a minha cunhada tem uma mega party, com póneis e tudo, preparada para ele!..

segunda-feira, maio 14, 2012

... esta menina não para!...

... e lança mais dois passatempos. Pois é A Melhor Amiga da Barbie está a oferecer um voucher de 20€ na Partyglasses e um MA-RA-VI-LHO-SOS Rayban da Óptica 70. Para participar, já sabem é ir ao blog...
Flipper, na Partyglasses

Rayban, na Óptica 70

... descobertas de fds...



... no domingo, a passear por Cascais, encontrámos estes meninos. Chamam-se Gapura e são IMPRESSIONANTEMENTE BONS!!! Tocam todo o tipo de instrumentos, desde o violoncelo ao didgeridoo e a sua múscia é contagiante!!! Com base nas raízes ciganas, a sua música passa por uma série de outros tons, não deixando indiferente a quem passa por eles, que logo ali fica preso aquele ritmo! Há muito que não ouvia nada tão bom de alguém tão novo e só posso dizer que o saxofone é alucinante, o violoncelo, apaixonante e o didgeridoo, arrepiante!!!...

sexta-feira, maio 11, 2012

... a melhor amiga da barbie & club couture...

... lançam o desafio: até 25 de Maio podem participar no passatempo e ganhar $20 em compras no site da Club Couture. Eu fiquei de olho neste vestido...

kate skater dress

quinta-feira, maio 10, 2012

... a freira...

... estou eu a chegar ao ginásio quando vejo uma freira a franzir os olhos e a pôr-se em frente ao carro para eu parar. A princípio pensei que a sra. me confundisse com alguém, mas afinal...

eu: bom dia,
freira: preciso de uma boleia para a 25 de Abril (enquanto tenta abrir a porta do carro. Estava trancada.),
eu: lamento, mas já estou atrasada para a aula e não a posso levar (digo eu com um ar perplexo),
freira: é que o meu motorista nunca mais vem!...

... de facto estava mesmo atrasada, caso contrário até tinha dado boleia à sra, mas... ponto um: a sra. julga que por ser freira pode mandar parar assim os carros, como se fossem táxis?! É que é preciso ter cuidado!!! E se eu fosse uma louca assassina de freiras??? Ponto dois: motorista??? Desde quando é que as freiras têm motorista? Hum???...

quarta-feira, maio 09, 2012

... 30º...

... assim sim! Calorzinho do bom que se agradece de braços abertos e saia no corpo!! Até deu para nadar na piscina exterior do gym!!!...
Health Club Visconde
... depois um belo gelado e uma vista de olhos pela feira de velharias e casa, que confesso que tanto calor assim de repente me deixou um pouco abananáda. Mas sem queixas (!!!), que eu quero é sol e caloooooooooooooor!!!...

terça-feira, maio 08, 2012

... e assim começou a semana...

... a chover torrencialmente e nevoeiro cerrado...

... hoje, a manhã não foi diferente, mas consegui não me baldar ao gym. Ok, só por causa da aula de Pilates, que cada vez mais amo e adoro, porque ontem a natação foi uma verdadeira balda!!! Aliás como tem sido nos últimos dias. Sou muito susceptível ao clima e depois de pensar todo o Domingo -em que aproveitei o magnífico sol e calor para jardinar - que ontem já ia tirar a roupa de verão do armário, o tempo resolveu transformar-se num grande flop!!! Esta tarde, pareceu-me mais risonha, portanto espero que isto melhore. Mas sem grandes expectativas...

... o meu primeiro Benfas ao vivo e a cores...

... no sábado amanheci tristonha e com humor de cão, portanto a vontade de me enfiar num estádio cheio de testosterona a proferir impropérios não era bem o mais me estava a apetecer! Mas depois de um belo almoço moçambicano com muito riso, em casa dos avós e de uma bela digestão à volta das melhores revistas de decoração e design, em casa da belle mère, lá fui conformada até à Luz. Conformada que ia apanhar uma bela seca, ouvir o inaudível e não ver nada (segundo a experiência da cunhada). Felizmente, Mi Amor, ouviu as minhas preces e não me obrigou a ir três horas antes para o estádio e ainda me deixou dar uma voltinha na Area do Colombo (tenho uma verdadeira e confessa paixão por esta loja!!!). A caminho do estádio lá comecei a ficar mais entusiasmada. Podera (!), era só benfiquistas à minha volta!!!...
a caminho da Luz
a Luz
afinal ficámos pertinho, pertinho do campo e dava para ver tudo!!!
armada em adepta...
a malta a cantar o hino de cachecol no ar
os encarnados
o Aimar... ai...
o Witsel... outro ai...
ainda no minuto zero
a festejar o golo!
o autor do golo: o grande Xuta-Xuta!!!
GANHÁMOS!!!
... só fiquei com pena de ter perdido o voo da Vitória, porque duas senhoras de setenta anos embirraram (!!!) com o nosso lugar e de não ter visto o Javi jogar. Resumindo: foi lindo, adorei e gostei especialmente por ser um jogo de família! Era só pais com os filhotes e alguns mesmo muito, muito pequeninos!!!..