quarta-feira, setembro 05, 2012

Sem título

Saudades...

Da tua pele macia,
Dos teus lábios carnudos,
Das tuas mãos esguias.
Dos teus braços esculpidos.
De como és forte, grande, duro.
Da tua língua furtiva.
De como me deixas a respiração a mil
As pernas a tremer,
Exausta.

Saudades...

1 comentário:

Anónimo disse...

wait and see...